13 mar 2022

Santos Rodrigo e Salomão, abraçados ao crucifixo, degolados por muçulmanos

Mártires no ano de 857

Os mártires de Córdova
Salomão e Rodrigo são os mártires mais característicos de Córdoba, na Espanha. Estes dois, junto com São Eulógio e tantos outros, deram o testemunho a Cristo com as virtudes cristãs, e depois com o martírio, na Espanha. 

Contexto da época
Em 711, um exército muçulmano conquistou o Reino Visigótico, que era região cristã. Colocaram a maior parte da Península Ibérica sob o jugo do islã numa campanha que durou oito anos. A região foi rebatizada de Alandalus pelos novos líderes. Em 750, muitos sobreviventes da dinastia de Damasco se mudaram para Córdova e ali fundaram o Emirado de Córdova, tornando a cidade um centro da cultura islâmica ibérica. Uma vez conquistada a Ibéria, a Charia (lei islâmica) foi imposta em todo o território. Os cristãos e os judeus eram chamados de os “povos do livro” e estavam sujeitos a um imposto, pago por pessoa, que os permitia viver sob o regime islâmico. Sob a charia, a blasfêmia contra o Islã eram motivos suficientes para a pena de morte

O sacerdote Rodrigo
Sabe-se que Rodrigo era sacerdote e tinha dois irmãos, um católico e outro muçulmano. Seus irmãos viviam em contínuas brigas. Uma vez, Rodrigo foi apartar a briga e acabou apanhando dos dois irmãos. Enquanto estava meio desmaiado da surra, o irmão muçulmano colocou-o num carro e saiu pelas ruas dizendo que Rodrigo havia abraçado a fé islâmica. Depois que sarou, Rodrigo continuou exercitando o ministério. Então, os muçulmanos julgaram-no traidor e decidiram acabar com ele. Perante os julgadores, Rodrigo declarou: “Nasci cristão e cristão hei de morrer”.

Rodrigo e Salomão na cadeia
Pouco se sabe sobre Salomão, porém, antes e depois da prisão, ele sofreu muito com Rodrigo por causa do cristianismo. Tal perseguição resultou no martírio de ambos, em 13 de março de 857. Eles transformaram a cadeia num oratório, e cultivaram uma linda amizade. Ameaçados e questionados, não renunciaram à fé. Foram separados, mas permaneceram fiéis a Deus. Condenados à morte, ajoelharam-se, abraçaram o crucifixo e, degolados, foram martirizados.

A minha oração
“Pela virtude dos mártires de Córdoba, peço a graça de não mais trair Jesus em meus atos, palavras e pensamentos. Que eu seja fiel até os últimos momentos de minha vida!”

Santos  Rodrigo e Salomão, rogai por nós!


Outros beatos e santos que a Igreja faz memória em 13 de março:

  1. Santos mártires Macedônio, presbítero; Patrícia, sua esposa; e Modesta, sua filha. Em Nicomédia, na Bitínia, hoje Izmit, na atual Turquia († data inc.)
  2. São Sabino, mártir em Hermópolis, no Egipto († s. IV)
  3. Santa Cristina, mártir na Pérsia, no atual Irão († 559)
  4. São Piêncio, bispo em Poitiers, na Aquitânia, na hodierna França († s. VI)
  5. São Leandro, bispo em Sevilha, na Hispânia, irmão dos santos Isidoro, Fulgêncio e Florentina († c. 600)
  6. Santo Eldrado, abade no mosteiro de Novalesa, junto ao Moncenísio, no vale de Susa, atualmente no Piemonte, região da Itália († c. 840)
  7. Santo Ansovino, bispo  em Camerino, no Piceno, na actual região das Marcas, na Itália († 868)
  8. Beato Pedro II, abade  no mosteiro de Cava de’ Tirréni, na Campânia, também região da Itália († 1208)
  9. Beato Agnelo de Pisa, presbítero em Oxford, na Inglaterra († c. 1236/1275)
  10. Beata Francisca Tréhet, virgem da Congregação da Caridade e mártir em Ernée, no território de Mayenne, na França († 1794)

Fontes:

  • vaticannews.va
  • Martirológio Romano
  • Livro “Um santo para cada dia” – Mário Sgarbossa – Luigi Giovannini [Paulus, Roma, 1978]
  • Coope, Jessica A. 1995. The Martyrs of Cordoba: Community and Family Conflict in an Age of Mass Conversion (University of Nebraska) (em inglês)

Pesquisa: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova
Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova

 

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.