28 jul 2022

Beatos José Caselles Moncho e José Castell Camps, mártires Salesianos

[1907 – 1936] [1902 – 1936]

Os Beatos José Caselles Moncho e José Castell Camps foram presbíteros da Sociedade Salesiana, na Espanha, e mártires.

José Caselles Moncho

Nasceu em 8 de agosto de 1907, em Benidoleig (Alicante). Estudou num colégio Salesiano de Valencia e logo foi para o aspirantado, em Campello até 1927.

Cursou teologia em Carabanchel, Madrid, e foi ordenado sacerdote em 1936, em Valencia. Em seguida, foi enviado para Tibidabo. Entre 1936 e 1939, aconteceu a Guerra Civil Espanhola, e José Caselles Moncho dedicou-se a assegurar o refúgio as crianças que viviam na região. Ele foi capturado, torturado e foi assassinado em Barcelona, em 27 de julho de 1936.

José Castell Camps

Don José nasceu em 1902 em Ciutadella de Menorca, Espanha. Foi a Campello e Carabanche para estudar com os salesianos. Entrou para a congregação em 1918 e ordenou-se sacerdote em 1927. Foi a Tibidabo em 1933 e, depois, voltou a Barcelona em busca de refúgio. Porém, foi capturado por uma patrulha de milicianos que o mataram em 28 de julho de 1936.

 Beatificação 
José Caselles Moncho e José Castell Camps foram beatificados pelo Papa João Paulo II, em março de 2001.
Minha oração 
‘Pela intercessão dos Beatos José Caselles Moncho e José Castell Camps, peço a Deus que ilumine minha caminhada de fé e que não me deixe fraquejar diante às dificuldades. Amém.” 
Beatos José Caselles Moncho e José Castell Camps, rogai por nós!
Outros santos e beatos celebrados em 28 julho:
  • Comemoração dos santos PrócoroNicanorTimãoPármenas e Nicolau prosélito de Antioquia.
  • Em Roma, São Vítor I, papa, africano, que estabeleceu que o dia da Páscoa fosse celebrado em toda a Igreja no domingo a seguir à Páscoa judaica. († c. 200)
  • Comemoração de numerosos mártires, que, na Tebaida do Egipto, padeceram durante a perseguição dos imperadores Décio e Valeriano. († c. 250)
  • Em Mileto, na Cária, Santo Acácio, mártir no tempo do imperador Licínio. († 308/311)
  • Em Milão, atualmente na Lombardia, região da Itália, os santos Nazário e Celso, mártires, cujos corpos foram encontrados por Santo Ambrósio. († inv. 395)
  • Em Troyes, na Gália, hoje na França, São Cameliano, bispo, que foi discípulo de São Lopo e seu sucessor. († s. VI)
  • Em Dol, também na atual França, São Sansão, abade e bispo. († c. 565)
  • Na Suécia, São Botvido, mártir, que foi assassinado por um homem que ele próprio tinha resgatado da escravidão.(† 1100)
  • Em Nishizaka, localidade de Nagasáki, no Japão, o Beato Miguel Kusuriya, mártir. († 1633)
  • Em Nam Dinh, no atual Vietnam, São Melchior Garcia Sanpedro, bispo da Ordem dos Pregadores e mártir. († 1858)
  • Em Madrid, na Espanha, São Pedro Poveda Castroverde, presbítero e mártir, que fundou o Instituto Teresiano. († 1936)
  • Em Purroy de la Solana, também na Espanha, os beatos Manuel Segura López, presbítero, e David Carlos Marañón, religioso. († 1936)
  • Em Ronda, perto de Málaga, também na Espanha, os beatos Miguel Molina de la Torre e Paulo Caballero Lopez, presbíteros, Honório Hernández Martin e João Luís Hernández Medina, religiosos, todos da Sociedade Salesiana e mártires. († 1936)
  • Em Madrid, também na Espanha, os beatos mártires Sabino Hernández Laso, presbítero da Sociedade Salesiana, e Miguel Léibar Garay, presbítero da Companhia de Maria. († 1936)
  • Na estrada Madrid-Valência, também na Espanha, os beatos Pedro Alonso Fernández, Primitivo Sandin MiñambresLourenço Arribas Palácio e Froilão Lanero Villadangos, presbíteros da Ordem de Santo Agostinho e mártires. († 1936)
  • Em Fernancaballeros, na Espanha, o Beato Jesus Aníbal Gómez Gómez, candidato ao sacerdócio na Congregação dos Missionários Filhos do Coração Imaculado de Maria e mártir. († 1936)
  • Em Griñon, cidade da  província de Madrid, na Espanha, o Beato Mário Félix (Manuel José de Sousa). († 1936)
  • Em Tarragona, também na Espanha, São Jaime Hilário (Manuel Barbal Cosan), religioso da Congregação dos Irmãos das Escolas Cristãs, mártir. († 1937)
  • Em Bharananganan, na Índia, Santa Afonsa da Imaculada Conceição (Ana Muttathupadathu), virgem e viveu entre as Clarissas Malabarenses. († 1946)
  • Fontes:
  • Martirológio Romano – liturgia.pt
  • Es.catholic.net

– Produção e edição: Bianca Vargas

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.