15 mar 2022

São Clemente Maria Hofbauer foi padeiro e 2º fundador dos Redentoristas

Eremita, sacerdote e 2º fundador dos Redentoristas
Congregação do Santíssimo Redentor – [1751 – 1820]

Nascimento
São Clemente Maria Hofbauer nasceu, em 1751, em Tasswitz, na República Tcheca. Seus pais tiveram doze filhos, ele foi o nono filho dessa família muito simples e pobre. Somente recebeu o nome de Clemente quando se tornou eremita. Porém, seu nome de batismo era João.

Desde cedo um trabalhador: Padroeiro dos Padeiros
Após a morte de seu pai, teve que aprender um ofício. Não tinha condições de continuar os estudos de latim que iniciou na Casa Paroquial até os 14 anos de idade. Foi assim enviado então para uma padaria, em 1770, em um mosteiro. Atuando como padeiro, conheceu duas senhoras em Viena, que se ofereceram para pagar os seus estudos, pois ele não tinha condições para isso.

Vocação
Em 1771, viajou a Tivoli, para que ali se tornasse eremita, pedindo ao bispo local para assim vestir o hábito. A partir daí, tomou o nome de Clemente Maria. Como eremita, mantinha, em sua vida, a oração e o trabalho sempre muito unidos.

Vivendo pouco tempo como eremita, precisou voltar a seu ofício de padeiro. Com a ajuda das duas distintas senhoras, concluiu os estudos de Filosofia. Não via ser esse o caminho que Deus queria para ele.

Em 1784, Clemente e um amigo fizeram uma peregrinação à Itália e, logo após, decidiram entrar para a vida religiosa. Pouco tempo depois, foram aceitos no noviciado redentorista de São Julião em Roma. No ano seguinte, ele e o amigo professaram seus votos de pobreza, castidade e obediência, no dia de São José em 19 de março. Poucos dias depois, tornou-se sacerdote.

Profunda oração
Desde criança, sua oração favorita era o Santo Rosário, o qual rezava em família e carregou consigo até o fim de sua vida. Haja vista que também abençoava muitos terços. Dizia sempre que por esta devoção conseguia tudo que pedia a Deus, chamando-o de “sua biblioteca”. Nutria assim uma profunda intimidade com Nossa Senhora.

Era uma homem que, literalmente, batia à porta do sacrário. Fazia esta prática nos seus momentos de adoração para que, em seu coração, crescesse uma confiança inabalável em Jesus e sua amizade com ele. Aumentando assim o seu zelo missionário e dizendo para Jesus que estava ali com Ele.

Seu Apostolado
Foi o primeiro redentorista fora da Itália. Mas não podendo exercer sua missão na Áustria, foi enviado para Varsóvia, na Polônia, onde viveu sua missão junto aos pobres órfãos, dando-lhes abrigo e instrução na fé. Assim, o número de rapazes cresceu muito até abrirem o Refúgio Menino Jesus para abrigá-los.

Seu apostolado crescia cada vez mais junto aos irmãos redentoristas, criando o que chamavam de Missão perpétua. Ali atendiam confissões a qualquer hora do dia ou da noite, além de realizarem sermões em alemão e polonês todos os dias.

Foram perseguidos por todos os lados, tanto na política quanto pelo povo e até na igreja local, chegando a ser impedidos de realizar sermões e atender confissões, a ponto de ficarem presos e, por fim, expulsos do país.

Os últimos dias
Voltou para Viena, na Áustria, onde viveu até sua morte no dia 15 de março no ano de 1820. Até o fim da sua vida atendia os doentes naquele período conturbado de guerras, fazia sermões com enorme sabedoria, e sua fama de santidade crescia evidentemente na cidade, onde, no fim da vida, conseguiu ver a permissão da instalação dos redentoristas na Áustria mesmo com muitas perseguições.

A minha oração
“Jesus, que concedestes a este teu amigo São Clemente Maria, tamanho amor por Ti e zelo missionário, infundi em nossos corações essa mesma disposição para buscar e anunciar o Reino de Deus nesta terra. Dai-nos um profundo desejo pela oração e amor especial pela Santíssima Virgem Maria, para que assim um dia possamos adentrar na Glória Eterna. Amém”.

São Clemente Maria Hofbauer, rogai por nós!


Outros beatos e santos que a Igreja faz memória em 15 de março:

  1. São Menigno,, sofreu o martírio no tempo do imperador Décio, na atual Turquia [† c. 250]
  2. São Zacarias, Papa, que susteve a veemência da invasão dos Lombardos, indicou aos Francos o justo governo, dotou de igrejas os povos da Germânia e assegurou a união com a Igreja Oriental, governando a Igreja de Deus com grande sabedoria e prudência [† 752]
  3. Santa Leocrícia, virgem e mártir, descendente de família moura, que aderiu secretamente à fé de Cristo e, tendo sido presa com Santo Eulógio, quatro dias depois do martírio deste santo foi degolada e emigrou para a glória eterna, em Córdova, na Espanha [† 859]
  4. São Sisebuto, abade de São Pedro de Cardeña, na Espanha [† 1086]
  5. Beato Guilherme Hart, presbítero e mártir, que, ordenado no Colégio Inglês de Roma, regressou à pátria. No reinado de Isabel I, por ter persuadido algumas pessoas a abraçar a fé católica, foi enforcado e estripado na Inglaterra [† 1583]
  6. Santa Luísa de Marillac, viúva, que orientou com o seu exemplo o Instituto das Filhas da Caridade na assistência aos indigentes, dando realização perfeita à obra delineada por São Vicente de Paulo, na França [† 1660]
  7. Beato Pio Conde Conde, presbítero da Sociedade Salesiana e mártir, que durante a perseguição religiosa, foi fuzilado em ódio ao sacerdócio, na Espanha [† 1936]
  8. Beato João Adalberto Balicki, presbítero, que exerceu diversas atividades apostólicas em favor de todo o povo de Deus. Empenhou-se particularmente no anúncio do Evangelho e na assistência às jovens errantes, na Polónia [† 1948]
  9. Beato Artémides Zátti, religioso da Sociedade de São Francisco de Sales, que, animado pelo seu grande zelo missionário, partiu para as inóspitas terras da Patagónia e passou toda a sua vida no hospital desta cidade, acudindo com incansável magnanimidade, paciência e humildade às necessidades dos indigentes, na Argentina  [† 1951]

Fontes:

  • História dos Redentoristas
  • conventodapenha.org.br
  • vaticannews.va
  • Martirológio Romano

 

– Pesquisa: Vinícius Fonsêca – Comunidade Canção Nova – São José dos Campos (SP)

– Produção e edição: Fernando Fantini – Comunidade Canção Nova

Comentários

Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.